terça-feira, 27 de janeiro de 2009

As coisas que você escreve
guardo-as dentro de uma caixa colorida...
Onde estão as melhores recordações da minha vida
As coisas que você escreve são as melhores recordações da minha vida.
De tempos em tempos, mantenho a caixa sempre bonita
É como se regasse certas agonias
Reviro o quarto à procura da caixa que perdi a minha vida

5 comentários:

Alexandre Spinelli disse...

Ah, Giu... vai dizer que elogio à toa? Que coisa linda este texto... esta caixa... também tenho uma, mas não direi o que tem dentro...
Sua benção e meus beijos!

Lucas de Oliveira disse...

tsc, tsc, tsc... Francamente! rsrs

Cris de Carvalho disse...

que belo, isso!!!

Marco Antonio G. Cruz disse...

Gostei do seu estilo.

Parabens pelo texto e pelo blog.

Liza Leal disse...

Cada dia mais lindo tudo isso!

=)

bjo Giu